Série: Compartilhando boa leitura – Por Paulo Lisboa.

Olá pessoal!!!!

 Hoje vamos continuar a série Compartilhando boa leitura com tema: Namorar, por quê?

Na primeira parte da série falamos da importância de ver o namoro como um período que proporciona um tempo de interação com o outro sexo, o que nos permite interagir e aprender a se relacionar com o outro (se quiser relembrar a primeira parte da série, clique aqui).

Pois bem, outra verdade que precisamos considerar é que no namoro podemos descobrir nomes, personalidades e filosofias, ou seja, essas são as qualidades do “eu”. O Nome nos identifica como pessoa única. A personalidade revela a natureza dessa nossa peculiaridade, e a filosofia revela os valores pelos quais vivemos. Porém nada disso é descoberto através de um relacionamento superficial baseado em ver o outro como objeto e sim através de nos aproximarmos e interagirmos um com o outro.

É através do namoro que conhecemos a família e o ciclo de amizades do nosso parceiro.

Sei que para alguns esse é um momento muito constrangedor e delicado e muitos perguntas surgem, como por exemplo…

O que eles irão achar de mim??

Qual roupa vestir para agrada-los??

Como devo falar e me expressar??

Entendo perfeitamente esses questionamentos. Eu e Cíntia estamos vivendo isso atualmente, pois, nesse período do ano nossas famílias passarão a se conhecer e tenham certeza que também fazemos as mesmas perguntas e é natural que essas dúvidas surjam.

Porém, quero por alguns instantes que você coloque o seu foco na real importância dessa fase de conhecimento.

E a razão é a seguinte:

Nossa personalidade é profundamente afetada pela influência da nossa família, principalmente pelos nossos pais. No namoro temos o potencial para escavar raízes. Cada pessoa possui uma história pessoal que também a influenciou grandemente.

Mas que tipo de histórias que estou falando?

Momentos da infância, momentos especiais com os pais, momentos de tristeza e decepção ou momentos de grande alegria.

Tudo isso colabora para entendermos melhor a construção da vida do nosso parceiro.

No período do namoro, essas histórias são compartilhadas.

Por isso o namoro é importante, pois através dele podemos interagir com outros como pessoa.

Atualmente cada vez mais passamos a viver em um casulo, ou seja, em um isolamento que nos leva a níveis crescentes de solidão, vazio e desespero.

Dessa forma, o namoro é um meio para sairmos desse isolamento e interagir um com os outros.

Portanto, agora, procure dar importância em conhecer a família do seu namorado (a), pois através disso você estará conhecendo e compreendendo a personalidade dele (a).

Caso você esteja solteiro (a) passe a levar em consideração esses valores que tratamos aqui.

 Continuaremos…

As cinco linguagens do amor

Até o próximo post!

Em Cristo, Paulo Lisboa.

Série: Ele me encontrou – Parte IV

É difícil contar quantas vezes ela pensou em desistir…

Quantas vezes a espera parecia longa e inalcançável.

Os questionamentos internos e externos pareciam gritos ensurdecedores, e eles muitas vezes roubavam a paz que havia em seu interior. Mas o Pai nunca esqueceu da filha e dos desejos que plantara em seu coração. E com o seu jeito doce de Pai sempre a levava a recordar das promessas que outrora Ele mesmo a fez.

Ser escolhida, ser cortejada, ser admirada e amada.

Ser amiga, ser namorada, ser noiva, ser esposa e ser mãe.

E ela escolheu em meio ao turbilhão de cobranças e conflitos, crer.

Crer que no momento que estivesse pronta o rapaz que morava em seus sonhos, em seus papéis e escritos, iria chegar.

É claro que não em um cavalo branco, mas real e cheio da vida de Deus.

Opa! Pronta?

Como assim pronta?

Pois é, ela entendeu que é necessário estar pronta para receber aquilo que havia pedido ao Pai em oração.

Esperar por esperar sem se preparar é o mesmo que perder tempo. E como uma boa apaixonada pelos ensinos do Pai, ela escolheu se preparar aplicando os seus conselhos em sua vida. E foi assim que ela se inspirou na história de uma jovem órfã que se chama pelo nome de Ester.

A moça com fé começou a declarar que da mesma maneira que  chegou a vez de Ester, a sua vez também chegaria…

Ele me encontrou IV

Até o próximo post da série:

Ele me encontrou

Com suspiros, Cíntia Silveira.

Onde está o amor?

Amar e receber amor é como um combustível para a vida.

E se há algo que nos paralisa é a falta do amor.

Pois é o amor que fortalece, motiva e nos traz força para se levantar e prosseguir.

Vemos a nossa volta as pessoas procurando por amor, porém na verdade elas podem até não saberem, mas elas procuram mesmo é por Deus - Deus é amor.

As pessoas procuram diariamente por aceitação, pois quando “aceitas”, se sentem amadas. A questão é que nem sempre encontram a aceitação de modo satisfatório a suas expectativas. Sempre falta algo e desse modo se sentem frustradas e vazias. A procura por amor e por aceitação é muito instável, pois o coração e nossas emoções nos enganam facilmente. Sem contar que o “amor” hoje está totalmente deturpado soterrado em ideias que na verdade não tem nada a ver com a ação “amar”.

Veja bem,

Ouvir somente o que você quer não é “amor”.

Receber elogios em tudo que faz, também não é “amor”.

Ser popular e escolhida para estar no meio da galera não é “amor”.

Ter centenas de curtidas nas redes sociais não é “amor”.

Enfim, entre tantos outros exemplos que eu poderia citar, todos eles fogem da realidade do que é esse “amor” o qual consciente ou não todo ser humano procura.

Esse vazio que há dentro de nós somente pode ser preenchido pelo verdadeiro amor e este é uma pessoa.

E nós conhecemos, e cremos no amor que Deus nos tem. Deus é amor; e quem está em amor está em Deus, e Deus nele.

1 João 4:16

Ele o próprio Amor nos escolheu.

Ele nos aceitou.

Ele nos acolheu.

Ele nos amou.

Onde está o amor?

1 João 4: 16

 TEXTO - Onde está o amor?

 

Com amor, pois Ele habita em mim.

Cíntia Silveira.

 

 

 

Um pouco de quem ele é…

Ele é doce.

Ele é gentil.

Ele é inteligente.

Ele é amigo.

Ele é responsável.

Ele é músico.

Ele é farmacêutico.

Ele é servo.

Ele é carinhoso.

Ele é divertido.

Ele é charmoso.

Ele é lindo.

Ele é sensato.

Ele é sensível.

Ele  é único.

Ele é reservado.

Ele é decidido.

Ele é romântico.

Ele é paciente.

Ele é detalhista.

Ele é simples.

Ele é o amor da minha vida.

Ele é Paulo Lisboa.

Ele é

Dedico ao meu melhor amigo e eterno namorado, Paulo Lisboa. Obrigada pelo dia maravilhoso que você me proporcionou hoje.

Parabéns para nós, 4 meses de namoro.

Com amor, Cíntia Silveira.

Você também é assim?

Consagre ao Senhor tudo o que você faz, e os seus planos serão bem-sucedidos.

Provérbios 16:3

Faltam apenas 15 dias para o início de um novo ano. Bem, eu acredito que não sou a única que neste período começa a fazer milhões de planos e a traçar milhares de objetivos.  Sem contar a retrospectiva e a série de pontuações e mudanças que percebemos a necessidade de fazer.

Você também é assim?

Eu já imaginava.

Mas então,

deixa eu te contar…

Eu tenho o hábito de ler o livro de Provérbios diariamente, o livro é composto de 31 capítulos e eu leio um por dia. Hoje dia 16/12 eu li o capítulo 16 inteiro e dentre os versos há alguns que se destacaram bem devido o período de planejamento que estou vivendo.

Vou compartilhar alguns com você:

Verso 1:  Ao homem pertencem os planos do coração, mas do Senhor vem a resposta.

E eu entendi que posso mesmo planejar.

Pois está escrito que o planejamento pertence a mim. E também está escrito que é do Senhor que virá a resposta, ou seja, o resultado.

Eu planejo e faço a minha parte crendo que Ele o Deus que não dorme irá trabalhar em meu favor. E bom é saber que Ele deseja o melhor para mim.

Ele sempre sabe o que é melhor para nós!

Verso 3: Consagre ao Senhor tudo o que você faz, e os seus planos serão bem-sucedidos.

Cada plano que eu fizer devo apresentar ao Senhor, devo consagrar, entregar a Ele. Devolver aos seus cuidados e deste modo serão todos eles bem-sucedidos.

Experimente você também a devolver ao Senhor os seus planos, confie n’Ele.

Estamos na época do ano em que planejar é quase um regra, planeje mesmo, mas consagre ao Senhor todos os seus sonhos.

Verso 7: Quando os caminhos de um homem são agradáveis ao Senhor, ele faz que até os seus inimigos vivam em paz com ele.

Este verso é muito forte e eu não podia deixar de compartilhar, ele não fala sobre planejamento, mas fala de algo que neste período do ano também é muito comum em nossos pensamentos: A paz.

Nele está escrito que quando caminhamos em retidão, quando agradamos a Deus e agradar a Deus consiste em obedecer os seus mandamentos. Quando assim caminhamos, Ele o Senhor, faz com que até os nossos inimigos vivam em paz conosco.

Desejamos paz para nossa vida e desejamos muita paz aos outros nesta época. E lendo Provérbios entendi que ao desejar paz ao próximo, devemos orienta-lo de qual modo obter essa paz. E o modo é: obedecer e agradar ao Senhor.

Que possamos nós também experimentarmos esta dica e jamais esquecer que obedecer e consagrar ao Senhor nossos planos é chave para uma vida de sucesso.

Para concluir, quero encorajar a você a fazer a leitura de todo capítulo 16 do livro de Provérbios. Volte e me conte qual verso te marcou mais. Se delicie nas Palavras deste livro e em toda Escritura Sagrada. A Bíblia é Jesus em letrinhas revelando-se a nós.

Que o Dono do nosso sorriso abençoe seus dias.

Provérbios

Com carinho, Cíntia Silveira.

Aprendendo a namorar.

“… sempre é tempo de aprender, e neste tempo estamos aprendendo um ao outro e juntos aprendendo a namorar”.

Em nossos corações existe o desejo de acertar e alegrar o coração do nosso Deus. Por isso, eu e Paulo somente após investir na construção de uma linda amizade, demos o primeiro passo para o compromisso que chamamos de “namoro” e foi um lindo e inesquecível dia! (Vou pedir a ele para escrever sobre a surpresa que ele me preparou para realizar o pedido de namoro, combinado? Vamos torcer para ele aceitar!?)

E com o compromisso firmado a amizade só cresceu!

A cada dia nos tornamos mais amigos e parceiros, e tem sido maravilhoso descobrir o quanto positivo foi nos tornamos antes de tudo, amigos. Temos a cada dia mais convicção dos propósitos de Deus para nós, estamos certos que somos um para o outro e ambos para glória de Deus, desejamos fazer de nossa história e de toda nossa vida um testemunho, pois temos diariamente experimentado da fidelidade de Deus.

Neste post, eu quero compartilhar um pouco daquilo que temos aprendido sobre o “namoro”.

Vamos lá?

Logo em nosso primeiro mês de namoro, entendemos a importância de ter dia e local para namorar. Sabemos que namoro é tempo de conhecimento e para conhecer alguém é importante investir tempo em sua companhia.

Dicas:

  • No “dia de namorar”, orem juntos, conversem, compartilhem seus planos, novidades, desafios, leiam juntos, busquem conhecimento e curtam a companhia um do outro.
  • Sobre o “local de namorar”, sejam prudentes e fujam da aparência do mal, na sua casa e com a supervisão de sua família, penso que este é o melhor local para estar no seu tempo de namoro.
  • O “diálogo” é também muito importante, é através do diálogo que conhecemos e nos fazemos conhecidos, compartilhamos sonhos e emoções. Invista na comunicação, não deixe nada mal resolvido, mal entendido.

Eu confesso que tenho aprendido muito com o Paulo sobre comunicação no relacionamento. Sempre fui  tendenciosa a “deixar as coisas para lá”, porém coisas que às vezes eram tão pequenas, se ficam mal resolvidas por falta de diálogo, elas se tornam mais tarde um grande problema na relação.

Pois bem…

Dia, local e diálogo, foram esses três elementos que observamos no primeiro mês de namoro como algo muito importante para nosso crescimento.

E antes de encerrar o post, quero contar para você como “comemoramos” nosso primeiro mês como namorados. Quem sabe não é uma boa dica para você combinar e realizar com seu namorado(a) também?

O Primeiro mês a gente nunca esquece…

Com o coração muito feliz e grato decidimos passar uma tarde especial juntinhos. Ele, eu e o Dono do nosso sorriso.

Leve sempre Jesus para onde vocês forem.

- Paulo, preparou em sua mochila, os copos, o suco, a bíblia, seu livro e a caixinha de som (ele é movido a música).

Ele preparou

- Eu, como toda mulher pensei em mais detalhes. (risos)

- Um lençol limpinho, os pratinhos e o lanche. Não podia faltar os livros e minha mini papelaria.

Ela preparou

Escolhemos uma praça, muito agradável e movimentada aqui em Belo Horizonte. A famosa Praça do Papa, onde os pais levam os filhos para brincar, as famílias fazem picnic e os turistas fotografam.

- Aproveitamos para construirmos juntos o nosso primeiro diário.

Praça do Papa - BH

Veja como ficaram lindinhas as nossas primeiras páginas!

- Nos conhecemos em fevereiro, mas foi em maio que começamos a caminhar juntos e em agosto demos o primeiro passo para o nosso compromisso de uma vida inteira.

Delícias do nosso dia.

Pausa para o lanche!

- Oramos e agradecemos ao Dono do “nosso” sorriso, pelo presente que somos um para o outro. Foi uma tarde de muita gratidão e alegria, por tudo que Deus fez, faz e ainda fará em nós e através de nós.

Para glória d’Ele!

Delícias

Coração grato, pois é um presente namorar o meu melhor amigo.

Ele me encontrou e é o meu parceirinho!

Ele, eu e o Dono do nosso sorriso.

Esse foi apenas o primeiro mês, ainda estamos aprendendo muito com esse tempo e para esse tempo. Invista em seu namoro, e se você ainda está a espera do amor, guarde seu coração e comece do modo certo, e o modo certo é convidado Jesus a participar de cada passo da relação.

Com carinho, Cíntia Silveira.

Tempo x Sonhos

Todas nós temos sonhos.
TODAS.
Não somos diferentes nessa questão, sonhamos e sonhamos muito. Sonhamos com a faculdade, o dia do casamento, o vestido de noiva, sonhamos com os filhos que desejamos ter e os nomes dos filhos. Sonhamos com coisas grandes e até as mais simples que queremos, vivemos assim sempre com algo novo nascendo em nossos corações. Mas é bem verdade que existe algo que parece muitas vezes ser inimigo de nossos sonhos e este é o  “O TEMPO”.
E muitas vezes ele vai passando e não vemos nada acontecer, nada parece estar a favor do sonho, até que bate aquela ansiedade e a dúvida: será que um dia isso vai acontecer?
Torna-se uma luta!
Tempo x Sonhos
Não é fácil, eu sei.
Eu mesmo já passei por isso várias vezes, mas com o amadurecimento e conhecimento da Palavra de Deus eu entendi que não é bem assim.
E eu quero encorajar você a crer que o tempo não é inimigo do seu sonho, do contrário ele está a seu favor. É verdade!
É que Aquele que realiza em nós todas as coisas, que é Dono de “nosso” sorriso, Ele conhece o melhor momento de trazer a realidade cada detalhe que Ele mesmo desenhou em nosso coração. Ele move todas as coisas ao nosso favor, tudo que Ele faz tem um propósito e um tempo determinado. Então, não desista de seus sonhos, não julgue o tempo, mas mantenha um coração grato, pois se há algo que move o coração do Pai, é um coração grato.
Em Romanos 8: 28 está escrito:
“Sabemos que todas as coisas cooperam para o bem 
daqueles que amam a Deus, daqueles que 
são chamados segundo o seu propósito”.
Todas as coisas, inclui o tempo de realização de cada sonho nosso, filhas, amadas, herdeiras de Deus.
Ele é o Deus que surpreende.
Aguarde com um sorriso, o tempo do seu sonho vai chegar.
“Para tudo há uma ocasião certa; há um tempo 
certo para cada propósito debaixo do céu”.
Eclesiastes 3: 1.
Ou você acha mesmo, que o Senhor coloriu esses sonhos em seu coração apenas por colorir?
Ele é galardoador, Ele tem prazer em ver você sorrir.
Tempo x Sonhos
Espere, agradeça, vai chegar. Confie!
Com carinho e sorriso,  Cíntia Silveira.