A bondade complementa a beleza…

Um coração bondoso faz refletir um semblante suave, amoroso, zeloso, gentil e pacificador. Por outro lado o coração egoísta abate o semblante e expele as pessoas.

Cintinha

A bondade é um atributo de Deus compartilhado conosco, ou seja, não existe razão para caminharmos distante da bondade.

Temos nas Escrituras muitos exemplos de bondade, mas desejo destacar o exemplo de Rute. O coração desta mulher era bondoso e vemos o seu agir em bondade com sua sogra do início ao fim dos relatos. Muito importante destacar que Rute agia em bondade com sua sogra (Noemi) em todo tempo, inclusive quando Noemi  se encontrava cheia de amargura. E isso nos ensina muito, pois agir em bondade com quem é agradável conosco é um imenso prazer, mas agir em bondade com pessoas de temperamentos difíceis não é fácil e exige de nós muita maturidade.

Estamos sempre preocupados com a nossa aparência e muitas vezes ficamos mal por não obter o que julgamos ser necessário para o nosso embelezamento. Quando na verdade tudo o que realmente importa para que a beleza irradie é um coração bondoso e uma motivação correta e bíblica para com o nosso próximo.

O amor e a bondade fazem parte da essência do próprio Deus e Ele compartilhou conosco. Precisamos caminhar nesta realidade olhando para aquilo que realmente importa e faz a diferença em nossas vidas e das pessoas ao nosso redor.

Um coração egoísta  gera sofrimento a si mesmo e aos demais com quem convive, inclusive gera sofrimento a quem ele ama. E além disso ofusca a beleza de uma tal maneira que nem mesmo um “banho de loja ou um dia de princesa” faz com que a verdadeira beleza se destaque.

Rose

Na vida de Rute percebemos que a sua bondade resultou em uma grande recompensa. Rute casou-se com um homem dedicado e generoso.

Existem princípios no Reino de Deus e esses princípios são inegociáveis e um princípio muito relevante (todos são relevantes) é que tudo o que for semeado será colhido. Rute semeou cuidado e bondade e por consequência ela recebeu em sua vida aquele que iria amar e cuidar dela por toda vida.

Deus é sempre bom, sua bondade é sempre revelada em amor e cuidado a nós.

Termino este post com a seguinte reflexão…

O quanto de bondade existe em nosso coração e quanto de bondade investimos em nosso próximo?

Será que o egoísmo tem nos impedido de andar em satisfação e contentamento a ponto de expelirmos as pessoas de perto de nós? Qual a nossa realidade? A beleza é uma extensão de um coração bondoso e puro. O que você tem visto diante do espelho? Você está contente com você?

Tire alguns minutos para se responder e ore ao Senhor, invista tempo na presença d’Ele, pois Ele deseja falar mais profundo com você.❤

Você pode ler mais sobre Rute clicando aqui.

 Com amor, Cíntia.

Chuta esse padrão…

Você é toda linda, minha querida; em você não há defeito algum.  Cânticos 4:7

Careta

Ser bonito não é pecado.

Nas Escrituras vemos o relato de muitas pessoas belíssimas, tanto homens como mulheres. O problema é quando a beleza é usada para o pecado ou para provocar os outros a pecarem fazendo dela um veículo de vaidade e sensualiade.

O mundo de hoje impôs na sociedade um padrão de beleza que não tem absolutamente nada a ver com a Palavra de Deus. E infelizmente por falta de conhecimento bíblico muitas vezes nos deixamos levar por um extremo ou outro em diversos assuntos e sobre este não tem sido diferente.

Careta

Somos julgados quando não damos importância a aparência e ainda mais julgados quando valorizamos e ressaltamos a nossa beleza.

De um jeito ou de outro as pedras são atiradas, não tem para onde correr (eu mesma recebo muitas delas).

É claro que que como cristãos devemos ter um bom senso sobre o que expor. E este cuidado deve ser dobrado principalmente nas redes sociais. Eu falo um pouco mais sobre isso em um post específico aqui no blog, se você desejar ler é só clicar aqui.

Careta

O mundo lida com a beleza de uma maneira totalmente deturpada e enganosa. Seguem ditando o que é bonito e o que não é bonito e tudo isso “segundo os seus próprios padrões”. A sensualidade e a pornografia por sua vez escravizam a beleza corrompendo o ser humano dia após dia.

As pessoas são selecionadas por quem “tem ou não tem estilo” e para serem aceitas se transformam de acordo com o que a “tendência do momento” está ditando como legal.

A consultora de estilo Aninha Miranda, diz: “Ter estilo é ter coerência entre aquilo que se é no interior e o que se transmite no exterior”. E assim como ser bonito não é pecado, ter estilo também não é, desde que você seja verdadeiro e não simplesmente um escravo de toda essa ditadura.

Careta

Devemos estar conscientes de que cada pessoa possui gostos e vontades particulares. O que eu acho bonito você pode não necessariamente achar e vice e versa. Se eu me sinto bem de listras e você de bolinhas, não existe nada de errado nisso. Se eu prefiro meu cabelo cacheado e você prefere o seu natural ou liso, tudo bem.

Chuta esse padrão de que tudo tem que ser de um jeito e que todos os outros estão errados.

Não existe isso, não existe forma e regra de beleza.

Careta

Mas a beleza interior, no incorruptível traje de um espírito manso e tranquilo, que é precioso diante de Deus. I Pedro 3: 4

Segundo a Palavra de Deus o que nos torna belos verdadeiramente é o nosso interior, o nosso coração. Não adianta ter “o exterior maravilhoso se a alma é toda feia e desajeitada”.

Atitudes arrogantes, caráter duvidoso, coração egoísta, palavras torpes, tudo isso ofusca qualquer beleza. Não adianta ter o seu foco em estar sempre bem apresentável e ser admirada(o) por suas curvas, ter o mais belos e grandes cílios (reparem eu praticamente nem tenho cílios), os cabelos maravilhosos, as melhores roupas, e um super estilo. Nada disso adianta se você não cuidar do seu interior.

E o seu interior ele deve ser diariamente renovado pela Palavra de Deus e a busca pela intimidade com Cristo.

Careta 8

Você pode e deve se cuidar não há pecado algum nisso, o pecado começa quando isso se torna o seu único foco  fazendo com que você esqueça de que é o interior que de fato diz quem você é e também como você é.

Buscar seguir um padrão que não transmite a verdade do seu ser interior é uma roubada. Não se escravize e não desgaste tentando se encaixar no que os outros dizem, mas faça tudo o que você puder para ser o que Deus te criou para ser, mantendo o seu corpo saudável e sua mente renovada pela Palavra d’Ele.

Siga os padrões estabelecidos por Ele, o autor da beleza.

Seja você mesmo(a), seja autêntico(a) e acima de tudo seja feliz, muito feliz. A bíblia diz que o coração alegre aformoseia o rosto, então mantenha o coração leve e alegre sempre.❤

Careta

Falando nisso, que fique claro que eu não estou amargurada e triste nas fotos, viu? Apesar de muito feia o mico propósito.

E eu estou bem feia apenas para compartilhar (principalmente ao que jogam pedras) que minha prioridade não é parecer bonita nas fotos e promover minha “carcacinha” (ela normalmente nem aparece nas minhas fotos, eu publico mais o sorriso, pois ele tem Dono), mas eu quis aparecer assim para dizer que eu não sou apenas isso, eu não sou apenas esta imagem ou qualquer outra que eu publique.

Eu assim como você tenho um coração, e é com ele que eu realmente me preocupo e quero manter organizado, limpo, bonito, e principalmente com a carinha de Deus estampada nele.

Careta

Eu te encorajo a ler a Bíblia que é a Palavra de Deus. Você vai encontrar diversos textos que falam sobre beleza e sobre como você pode realçar a sua beleza.

Comece pelo livro de Ester e perceba que a beleza dela (exterior) abriu as portas para ela ser a rainha, mas que foram as suas atitudes que a mantiveram lá.

Cuide do seu interior ele é precioso diante de Deus.❤

Com amor (sem caretas), Cíntia.

Aconselho que de uma voltinha no blog e veja pelo menos umas três fotografias “direitinhas”  para não sair com essa imagem péssima minha na cabeça. Obrigada, fico mesmo muito agradecida. 

O que a sua selfie revela sobre você?

Selfie

Selfie é uma fotografia, geralmente digital, que uma pessoa tira de si mesma (autorretrato).

O termo “selfie” pode até ser novidade porém a prática da fotografia é bem antiga. Eu não sei você, mas eu amo uma boa fotografia e amo recordar momentos revendo cada um delas, inclusive imagino que assim como eu existam várias pessoas que também curtam muito as imagens e as lembranças que elas nos proporcionam.

A questão é que hoje em dia a motivação por trás de cada fotografia começa a ser questionada, pois vemos todos os tipos de exibições possíveis e imagináveis a qualquer hora e a qualquer lugar. Vemos moças e rapazes se desnudando em cada pose e em cada gesto diante das suas câmeras digitais.

É realmente necessário deixar o decote a mostra?

É realmente necessário mostrar a “barriga de tanquinho” ou a lingerie?

É realmente necessário sensualizar e provocar a imaginação alheia?

É realmente necessário exibir as curvas do corpo com roupas marcantes ou praticamente sem elas?

Existem tantas coisas que podem ser compartilhadas, por exemplo, um detalhe que demonstre a sua personalidade e os seus gostos, o seu sorriso, o seus olhos, o seu rosto lindo (sem aquela mordidinha no lábio, por favorzinho), os momentos legais que você tem a oportunidade de viver, um lugar legal que você goste ou acabou de conhecer, uma diversão entre amigos, uma foto bem legal com seu amor ou uma clássica foto com a pose tradicional de família e muitas outras opções, ou seja, as curvas, os seios e as caras e bocas não são necessárias.

Nós somos muito mais do que um corpo.

Selfie

A nossa aparência deve complementar o nosso interior.

Beleza alguma consiste apenas em corpo e curvas, pois somos muita mais do que isso. Eu gosto muito de uma citação do Paul Washer, onde ele fala “que o modo em que nos vestimos apresenta diretamente a condição em que está o nosso coração”, e é a mais pura verdade. O nosso semblante de fato reflete o nosso coração. Por isso, quando estamos no amor de Deus, os nossos traços são tão suavizados e nosso falar transmite diretamente a paz que há n’Ele e o contrário também é verdadeiro.

Os nossos gestos e as nossas atitudes sempre irão indicar onde nossas raízes estão sendo firmadas. E a verdadeira beleza é a que nasce em nosso interior e se manifesta em motivações puras e gestos saudáveis e respeitosos conosco e com o nosso próximo. Se você deseja ser lembrado e deseja marcar a vida de alguém se poupe da exibição do seu corpo e das suas curvas e mostre o que realmente é belo. Mostre quem você é em sua essência e isso não é somente “imagem”, mas sim, atitudes e um estilo de vida relevante.

Não existe fotografia com roupas ou sem roupa, nem mesmo as curvas mais atraentes que encubram um coração com motivações impuras, egoístas, cheio de vaidade e péssimas intenções.

Fotografe a beleza de ser alguém completo, somos muito mais que um corpo. Nossas roupas devem ser moldura para o nosso rosto e o nosso sorriso aquilo que desperta graça e transmite alegria. Nossas atitudes devem ser uma extensão do que está cheio o nosso coração.

E quando o nosso coração está cheio de paz e alegria, a paz que só o Espírito Santo nos dá em meio a este mundo de caos, o nosso semblante é belo e formoso, pois ele irradia vida, amor, compaixão, bem estar e isso sim, marca e eterniza no coração das pessoas.

Finalizo deixando o texto da carta de Paulo ao Coríntios para nossa meditação…❤

Vós sois a nossa carta, escrita em nossos corações, conhecida e lida por todos os homens.
Porque já é manifesto que vós sois a carta de Cristo, ministrada por nós, e escrita, não com tinta, mas com o Espírito do Deus vivo, não em tábuas de pedra, mas nas tábuas de carne do coração.
2 Coríntios 3:2,3

Com amor, Cíntia.

Tudo que eu posso ser…

Nesses últimos dias Deus tem ministrado muito ao meu coração a respeito de um novo tempo. E eu sinto que isso será muito mais profundo do que a mudança do estado civil que eu e meu noivo vamos experimentar e toda novidade de uma vida de casados. Existe um novo tempo para mim singularmente. Um tempo de reconstrução e descobertas, um tempo de reconhecimento de si mesma. Um tempo onde o meu Pai tem me apresentado a mim mesma.

É como um processo de liberdade, um grito que nunca consegui emitir, Mas que agora a cada dia passa a fluir naturalmente.

Alegria

Dizem que sempre fui uma menina de expressão e que sempre acabava naturalmente me destacando no grupo por uma característica e outra. Mas no fundo eu nunca soube quem eu era de verdade. Eu sempre fui confusa e acredito que pelo fato de não se abrir e ser realmente eu. E é claro que existia (pelo menos para mim sempre existiu) uma razão para este bloqueio.

Alguns de vocês que acompanham o blog sabem que eu perdi meus pais na adolescência, mas na verdade considero que tudo começou muito antes, pois pelo fato dos meus pais serem separados eu acabei sofrendo a consequência de não ter “o meu lar e a minha referência familiar completa” desde muito cedo. E com isso me faltaram afirmações, referências e bases para minha formação.

Depois com o falecimento deles tudo ficou ainda mais confuso e essa confusão e história me levou a ser dependente de muita coisa e de muita gente. E somente agora depois de tantos anos as coisas começaram a fazer sentido na minha “caixola” e eu desejo compartilhar com você.Séria

Primeiro que fique bem claro, ninguém que passou pela minha vida teve culpa de nada do que eu fiz comigo mesma neste tempo. A responsabilidade de tudo que perdi é minha. Na verdade eu só tenho a agradecer a cada um que faz parte de alguma maneira da minha história, pois todos eles são presentes do Senhor para acrescentar na minha vida.

Sabemos que a revelação de Deus é gradativa e a medida que vamos avançando em conhecê-lo, Ele também nos revela um pouco de nós mesmos. E neste processo podemos então nos ver e entender entre tantas coisas, que sem Ele não chegaríamos a lugar algum. E é exatamente isso que tem acontecido comigo nesse tempo. Eu estou me vendo.

Eu estou vendo o que fui e estou vendo o que verdadeiramente sou.

E confesso que estou gostando disso.
Acho que vou ter bastante afinidade com o meu novo eu, o meu eu de verdade.

Agora vamos ao “desabafo”…

Anulada, mas agora não mais.

Eu me anulei.

Por muito tempo me anulei. Não por causa das pessoas, elas não me forçaram a isso. Mas eu o fiz por achar que não podia ser quem eu era, não podia dizer o que realmente pensava. E isso perdurou por anos e anos, pois eu imaginava que se eu discordasse com alguém, eu não seria mais aceita. Eu imaginava que pelo fato das pessoas estarem fazendo algo por mim (me oferecendo casa, comida, dedicando atenção, dedicando o seu tempo, o seu cuidado ou que fosse) eu jamais poderia ser um “problema” para elas. E isso me fez entrar numa “rota” de anulação. Eu preferia anular meus gostos, sentimentos, voz, tudo para não contrariar, chatear ou desapontar as pessoas ao meu redor.

Eu chamava isso de “senso”, e dei esse nome pois soava mais bonito e até positivo a meu respeito. Apesar de jovem, bem jovem, eu tinha um senso imenso. Senso de não atrapalhar as pessoas, senso de não “dar trabalho” ou “preocupação”. Senso de não exigir nada e não negar nada, chegando ao ponto de nunca conseguir dizer que não gostava de tal comida, pois como eu poderia se a pessoa preparou e já está fazendo muito em me oferecer?

Se ganhasse uma roupa mesmo que não gostasse, usava. Afinal, a pessoa presenteou, ela não tem obrigação nenhuma disso, então como poderei negar e não usar? E os exemplos são infindáveis, desde os mais bobos até os mais cabulosos.

Foi uma vida de anulação totalmente sufocada por mim mesma.

É impressionante como achamos “nomes bonitos e mais leves” para nossos defeitos, fraquezas e até para nosso pecado.

E o mais engraçado (engraçado nada, apenas modo de dizer) é que ao meu redor ninguém viu isso. Pelo contrário, as pessoas sempre me viram forte, cheia de personalidade e muito resolvida. É impressionante, o homem só enxerga o exterior mesmo, o superficial. Somente Deus nos vê como realmente somos e nos mostra o sepulcro caiado que deixamos as circunstâncias fazerem de nós.

A graça alcança...

E Ele nos leva a um deserto com um propósito e este propósito é mostrar a nós mesmos a condição do nosso coração. E em meio a tantas crises e angustias eu corri para Ele, corri como quem pede socorro por um último suspiro de vida. Pois já não suportava mais conviver com a anulação de uma vida inteira. Não existia mais condição de não ser,  fazer, escolher e falar o que penso de verdade.

Não existia mais condição de se submeter a este medo que ninguém me impôs, a não ser eu mesma.

E isso se deu no dia em que o verso 13 e 14 do livro de Salmos capítulo 139, saltou aos meus olhos e penetrou em meu coração como uma flecha de modo como nunca antes eu havia visto…

Tu criaste o íntimo do meu ser e me teceste no ventre de minha mãe.
Eu te louvo porque me fizeste de modo especial e admirável. Tuas obras são maravilhosas! Disso tenho plena certeza. 

SmileEu posso ser o que Deus me criou para ser…❤

Ele me fez, Ele me criou de um modo especial e admirável, Ele me ama do jeitinho que eu sou. Ele me aceita com meus gostos e manias, não preciso me anular em nada, mas ser exatamente aquilo que Deus me criou para ser.

Eu posso gostar da antiga cor bege e suas nuances e amar bolsa e sapatos caramelo. Eu posso preferir os acessórios simples e discretos e usar o meu brinco de bolinha, por exemplo.

Eu posso amar o preto, branco, o azul marinho e o cinza e a minha estampa favorita pode ser sim (a de sempre) com listras e muito de vez em quando um pequenino floral.

E é claro que eu posso preferir o confortável jeans a ter que usar um vestido fino com um salto desconfortável no dia a dia.

A minha comida favorita pode ser a japonesa e eu posso amar doce com salgado juntos, mesmo que as pessoas reprovem ao meu redor e ache nojento.

Eu posso preferir o chá mate ao invés do café, qual problema nisso gente? Já experimentou mate geladinho? É uma delícia!

Eu sou o que a Bíblia diz que sou...

O meu gosto pelas coisas podem continuar sendo simples e isso não vai mudar o meu valor. Eu sou uma pessoa e não as coisas que possuo. E eu gosto mesmo do antigo e de coisa do tempo de vó, eu sou assim. Gosto de plantinha, gosto de crochê (fazer não), gosto de costurar (estou amando aprender), gosto de casa limpinha e cheirosa e implico se sujarem o que acabei de limpar.

Eu posso ter meu jeito introvertido e reservado e me escancarar depois de um tempo de amizade e intimidade.

Eu posso algumas vezes ser mais devagar para entender e processar as coisas, pois esse é meu jeito. Eu vou devagar, mas quando assumo a responsabilidade por algo eu me esforço até dar conta do recado e com a graça de Deus eu dou. Não tenho medo de trabalho e de pegar no pesado, não!

Eu posso preferir estar em casa e fazer algo simples ou apenas sentar e admirar a natureza em boas companhias a ter que me produzir e fazer uma super programação gastando muito dinheiro.

Eu posso gostar mais de frio e inverno e fugir de sol e praia.

Eu posso gostar de dança mesmo sendo sem jeito para dançar.

Eu posso escolher uma vida simples servindo a Deus com o que Ele me chamou para fazer a ter que me sacrificar por horas na obrigação de entregar metas e trabalhos para ter o valor x na conta e ser a pessoa mais bem sucedida e cheia de bens do meio em que pertenço.

Eu posso agradecer por algo e simplesmente não ficar com ele pelo fato dele não ter nada a ver comigo e não combinar com a minha personalidade, sabendo que eu não sou responsável se as pessoas não entendem  e respeitam isso.

Eu posso gostar de postar em minhas redes sociais desde as coisas mais simples até as mais especiais que acontecem comigo e isso não é falta do que fazer ou futilidade. É apenas o desejo de compartilhar o que Deus tem feito usando as ferramentas que o século que vivo me dispõe.

Tatoo

Eu posso o que eu quiser…

Eu posso ser como Deus me criou e isso tudo com muita liberdade…

Inclusive posso querer sim ser esposa e mãe, posso desejar cuidar da minha casa, posso ser feminina, respeitar o meu marido e honrá-lo, mesmo que os padrões deste mundo vejam isso como um fracasso na vida de uma mulher.

Eu posso escrever no meu blog, posso compartilhar e acreditar que cada palavra desta é inspirada pelo Senhor para alcançar o coração de muitas pessoas e edificar a fé de muitos.

Eu posso investir no chamado que creio que o Senhor confiou a mim, mesmo que muitas pessoas não acreditem nele ou critiquem.

Eu posso ser uma mulher de 31 anos com jeito e gostos de menina, pois essa é a minha essência, o meu jeito, Deus me criou assim.

E reafirmo: Eu posso ser quem Deus me criou para ser, pois Ele me aceita e isso me basta.

Seja você também quem Deus te criou para ser e não se anule, é doloroso demais. Não represente é pesado demais. Não se submeta a padrões distorcidos é perigoso demais.

Se reconheça e se apaixone por quem Deus te criou para ser…❤

Com amor, Cíntia (a nova Cíntia, a verdadeira).

Costurando sonhos…

Costurar…❤

Não é simplesmente sentar diante da máquina e aprender algo que parece simples, mas realizar um sonho cheio de doces lembranças.

Costura

A minha pequena morena cheia de detalhes (minha mamãe), costurava e costurava muito bem por sinal. Me fazia de boneca e toda semana era uma roupinha nova feita por ela com muito capricho. Eu amava, claro! E essa lembrança ficou, ficou muito forte. Eu lembro bem dela, linda e toda menina sentada costurando, cortando e inventando moda. Os retalhos que ficavam eram liberados para eu “fazer a festa” com as minhas bonecas. Tempo bom, tempo que não volta mais…❤

Costura

E agora chegou a minha vez e eu estou realizando o meu grande sonho de costurar. E o que torna mais especial esta realização é que estou fazendo os guardanapos do meu casamento. Um grande desafio, mas tem sido muito prazeroso. O Dono do meu sorriso tem me feito companhia e isso torna tudo muito incrível. Eu oro e Ele fala comigo, eu o adoro e desfruto da sua presença tão doce.❤

Costura

Eu li um dia desses uma frase mais ou menos assim: “Estou vivendo hoje coisas que orei há um tempo atrás”. E é exatamente assim que me sinto durante a costura, eu orei por isso. Eu queria costurar e viajar nas lembranças que tenho da minha pequena morena. Eu sonhei com o casamento e daqui algumas semanas ele irá acontecer. Bom, vou continuar orando, pois tenho convicção a cada dia de que tudo que pedimos em nome de Jesus crendo sem duvidar, recebemos. Pode ser a coisa mais simples e até o seu maior sonho… Deus faz!❤

Costura

Para a alegria ser completa agora só preciso ter uma máquina para chamar de minha, mas creio que logo isso vai acontecer. Enquanto isso, vou me aventurando na máquina da tia Karla e aproveito para agradece-la por providenciar tudo para que eu pudesse viver esse momento tão lindo. E agradeço também a Sâmela por ter sido instrumento para meus primeiros passos no corte e costura. Eu amo vocês e meu coração transborda gratidão por toda esta família.❤

Costura

E você… com o que você sonha? Com quem você tem divido os seus sonhos?  Conte-os para Jesus. Ele é o mais interessados em realizar os seus sonhos de forma perfeita. O tempo d’Ele é perfeito, confie a Ele os seus sonhos, todos os seus sonhos.❤

Costura

Uma outra doce lembrança que o corte e costura me trouxe é a lembrança do meu tio lindo, o amado tio Davi. Ele era muito bom no corte e eu tenho tantas lembranças dele e muita saudade também. Hoje me inspiro no tio Marcos que é um modelista exemplar, muito excelente em tudo que faz. Antes eram os três irmãos, Marta (minha mamãe), Davi (titio) e o Marcos (titio também), hoje somente o tio Marcos está conosco. Será que consigo integrar e formarmos então uma nova equipe?❤

kkkk, imagina! Eu tenho que treinar muito. Os guardanapos estão saindo somente pela misericórdia e graça de Deus.

Costura

Bem, falando em treinar…

Preciso ir, preciso costurar muitos guardanapos e treinar muito.

E você por favor sonhe, sonhe muito e compartilhe ao Senhor os teus sonhos, Ele é fiel para fazer infinitamente mais, creia sem duvidar.❤

Com amor, Cíntia Silveira.

A verdade sobre mim…

Ci

Eu passo por lutas como você, não pense que meus dias são fáceis e que eu vivo com vontade de sorrir. Isso é mentira. Eu assim como você tenho dias difíceis e muita vontade de desistir e chorar por tudo (e na TPM fica tudo mais dramático e intenso), mas quando a coisa aperta mesmo, minha memória automaticamente (com a ajuda do Espírito Santo, é claro) me lembra de quem eu sou e isso é um poderoso remédio para todo medo e toda dor.

Sou filha amada de Deus, e Ele cuida de mim.

Ci

Eu tenho uma imensa dificuldade com minha mente e vivo numa constante batalha, mas o Dono do meu sorriso me ensinou que através da Sua Palavra eu posso renová-la e vencer toda batalha travada contra ela. Quando me alimento dos ensinamentos que a Escritura Sagrada me oferece, eu me sinto forte para combater todo pensamento ruim que tenho a respeito das coisas e até de mim mesma.

Ci

Sobre relacionamentos…

Eu tenho muita dificuldade de dar o primeiro passo em direção as pessoas. E isso gera uma péssima impressão delas a meu respeito, mas a verdade é que sou mesmo bastante reservada e preciso de tempo para a construção dos laços afetivos. Não que eu ande emburrada e fechada por aí, não é isso. Eu até posso ser bem tagarela em alguns casos desde o primeiro “oi” que a pessoa dirige a mim, mas para estreitar laços preciso de tempo e espaço. E só para constar, quando os laços são ajustados duram a vida inteira.

Outra coisa sobre relacionamentos…

Eu que sempre espero que a pessoa aja comigo da mesma forma que lido com ela. O lance das expectativas criadas, sabe? Gente, que furada! Sempre me decepciono. E o mais engraçado é que a decepção sempre vem do mesmo lugar, pois para completar eu fico chateada com a situação na hora e esqueço no minuto seguinte, permitindo então que a coisa se repita e eu me decepcione novamente. Mas essa parte apesar de ser um problema para mim, acaba sendo também algo positivo,  pois praticar o perdão  é recomendável na proporção setenta vezes sete.

Feliz

Orgulho. Será que falo sobre isso?

Bem, eu chamava antes de “dificuldade de receber”, mas outro dia orando o meu Pai foi claro: “Orgulho, você está sendo orgulhosa!”. E já que a ideia do post é falar a verdade, eu confesso que ainda tenho problema nessa área. É sempre muito difícil estar na posição de dependência e ter que receber das pessoas qualquer coisa. Existem fraquezas em nossas vidas que facilmente são curadas, aprendemos rápido, mas outras não. Eu luto contra o orgulho há anos, e ainda não o venci completamente. Mas continuo buscando no Senhor, continuo lutando e creio que vou vencer.

  Ore

Sobre a vida de oração… meu Deus que luta.

Eu não sei se é somente comigo, mas todas as vezes que determino que irei tirar um tempo para orar, tudo acontece. As coisas ao redor sempre são mais atraentes do que fechar a porta do quarto e passar tempo com Deus. Eu oro sempre no meu dia a dia e faço as coisas sempre com a companhia d’Ele e falando com Ele, orando no espírito, mas tirar um tempo de oração é uma luta que tenho que escolher vencer a cada dia. Sigo diariamente buscando fazer a melhor escolha e sempre é tão maravilhoso quando venço e desfruto desse tempo a sós com Ele, não tem nem como explicar o prazer é imensurável.

Flor

Desistir facilmente das coisas é outra grande fraqueza…

Eu sempre começo muito empolgada e acreditando que vai dar certo, mas basta o primeiro olhar de reprovação ou primeira palavra contrária que eu já recuo. Muito boba né? Eu quero muito mudar e vencer isso e sei que o caminho é olhar para Jesus e para as promessas d’Ele. Lembrar das Palavras que Ele liberou ao meu coração e prosseguir independente das circunstâncias. Eu vou chegar lá, vou chegar nesta fase onde as palavras contrárias e pensamentos alheios não me interrompem mais. Tenho orado por isso, tenho orado por foco e determinação. Preciso vencer essa área na minha vida, preciso.

Flor

Gratidão…❤

Sobre tudo que você vê pessoalmente ou virtualmente em mim a gratidão é a mais pura verdade. Aprendi a andar em gratidão seja como a vida estiver mesmo. Na alegria e na tristeza eu mantenho o coração grato, pois entendi que o coração grato  move o coração de Deus. Entendi que as coisas não são sempre boas, mas que tudo sempre coopera para o bem daqueles que amam a Deus e andam segundo seus propósitos. Por isso agradeço sempre, todos os dias tenho razão para agradecer.

E a vida segue…

Eu vou aprendendo com o Dono do meu sorriso e abrindo o coração para Ele moldar o meu caráter e transformar a minha vida. Tenho tantas falhas e preciso de reparo diário. Não sou uma cristã melhor que você, nem mais santa ou concorrente a ser a quarta pessoa da trindade, nada disso. Mas desejo vencer minhas fraquezas e me tornar alguém que agrada ao coração do Pai a cada dia.

Essa é a verdade sobre mim.

Com amor, Cíntia.

Eu tenho um Pai…

Eu não penso duas vezes…
Em meio as adversidades e confusões da vida.
Em meio a tantas notícias tristes.
Em meio a todo o caos.
Tudo o que posso fazer é chamar por Ele.
Meu coração pede imediatamente e eu vou…
Corro para o colo d’Ele e peço para andar na “corcunda”…
Isso mesmo, lá em cima…
Vou com sorriso bobo e cheio de alegria  estar protegida bem lá no alto com a cabeça deitada e descansando na cabeça do Pai.
Enquanto Ele caminha e pisa no inimigo e me leva em direção a realização dos nossos sonhos.
Eu descanso e me alegro n’Ele.

Obrigada, Aba, por me proteger e cuidar tão bem de mim.

Eu tenho um Pai

Te amo, sua filhinha, Cíntia.